fbpx

Alma Tropikanna

Alma Tropikanna - aquarela sobre papel - Denise Bruno artista

Vivemos num momento em que desnudar a alma torna-se mais difícil do que desnudar o corpo – embora ambos devessem ser tidos como naturais.

Desde que nascemos somos treinados para negar a naturalidade.

Simulação digital da obra aplicada à decoração (ref. imagem1)

Diante da necessidade de sobrevivência, nos acostumamos com as repressões à nossa forma natural de ser, e continuamos nos esforçando para caber em lugares, modelos, padrões e tudo aquilo que cerceia a manifestação da nossa essência.

Por isso, faz-se necessário nos voltarmos para dentro e construirmos um mundo interior solidificado com base em nossa real natureza. Um trabalho de limpeza de tudo aquilo que foi ditado pelo exterior e que violenta nosso ser.

Cada indivíduo possui características únicas que precisam ser colocadas a serviço do coletivo. Essas características são responsáveis pela criação do novo mundo que está diante de nós.

“Alma Tropikanna” é um ser que fortaleceu seu mundo interior, reencontrou sua essência e se despiu dos padrões coletivos, das regras de como deveria ser, pensar e sentir. Acordou um dia, levantou-se, vestiu aquilo que de mais belo havia na sua alma e saiu para acrescentar ao mundo aquilo que ninguém mais poderia fazer: a expressão da alma.

Se você fosse se vestir daquilo que está cheio o seu coração, qual seria a sua aparência hoje?

“Alma Tropikanna” – Série: Jardins de Afrodite
Aquarela sobre papel 300g
Dimensões: 29,7×42,0cm


Onde encontrar:

Créditos:

Imagem 1 – Flor psd criado por jcomp – br.freepik.com

Alma Tropikanna
Rolar para o topo
X