Você está visualizando atualmente Manifesto de consciência

Manifesto de consciência

Tenho reforçado a ideia de que ser é mais importante do que fazer e ter. Porém, o conceito de "ser" torna-se muito complexo quando precisa ser definido em palavras.
Ao descrever quem somos, nos limitamos. Podemos falar sobre alguns aspectos do nosso ser; porém, compreendê-lo, enxergá-lo, só é possível através da experiência da presença, e isso é um fenômeno muito raro restrito a poucas pessoas com as quais convivemos verdadeiramente.

Mas uma forma de expressar um pouco do que somos, é mostrar o que pensamos e sentimos. Resolvi publicar um simples manifesto, que não resume também a complexidade da minha consciência, mas expressa um pouco das minhas escolhas e da minha visão de quem sou neste mundo e o que tenho a compartilhar.

Manifesto de consciência
Viver de forma consciente é minimizar os impactos negativos da minha existência, tanto no planeta quanto nas demais formas de vida.
É entender que a única mudança que posso fazer está a nível individual. Assumir a responsabilidade pelo que eu compro, como, visto, produzo, descarto e expresso.
A única mudança que posso fazer está a nível individual
É dizer não a lugares, conceitos, pessoas, marcas e instituições irresponsáveis social e ambientalmente
É dizer não, dentro do possível, a conceitos, lugares, pessoas, marcas e instituições irresponsáveis social e ambientalmente.
Entender que consciência humana e ambiental é o amor e respeito à vida acima de tudo, a própria e todos os outros tipos de vida existentes.
Consciênia humana e ambiental é respeito à vida
Uma escolha que precisa ser reafirmada todos os dias
Isso é uma escolha que precisa ser reafirmada com pensamentos e atitudes todos os dias e em todos os momentos. Muitas vezes será mal interpretado, questionado e reprimido, mas ainda assim trará uma satisfação indescritível para a alma.

Escrevi esse manifesto para ser publicado num dos meus perfis paralelos do Instagram que trata especificamente sobre veganismo, mas senti que aqui também é lugar de falar sobre os aspectos que pautam a minha existência e que banham a minha trajetória neste planeta.

Eu me sinto muito bem falando sobre isso. Estou feliz por publicar esse manifesto, entre tantos outros que virão.