onça, arquétipo, feminino, empoderamento, ilustração, artista, arte
Ela esperava ser aceita ao invés de ficar enjaulada em seu próprio ser. Logo ela, tão majestosa criatura e de imenso poder.

Uma vez liberta, por escolha felina, resolveu fazer morada na alma.
Sempre alerta, observa e aguarda.
Casa de onça, espaço sagrado.